Menu Principal

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

67ª SBPC, em São Carlos - SP [11 a 17 de Julho de 2015] - Parte 06

E finalmente, esta é a última parte do relato da viagem a trabalho que fiz para São Carlos, em São Paulo.


Saiba como foi o evento da SBPC e como foi nossa viagem para essa cidade do interior paulista.



Se tiver caído aqui direto e desejar voltar para o Início do Relato, clique no Botão abaixo:

Clicar: [PARTE 01]

Agora estarei continuando com o Relato da Viagem que fiz para essa cidade.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - 

Do Estande da Fapesp segui para o próximo estande.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Estande da CeRTEV

Trabalhavam com os vidros e suas particularidades. Chegaram até a explicar um pouco sobre o revestimento que é usado nas blindagens.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -






- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Estande dos Institutos Federais

Neste estande mostram alguns dos principais projetos desenvolvidos por alunos de diferentes partes do Brasil. É bem interessante e variado.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -





Um desses projetos, por exemplo, é esse carro movido a energia elétrica e carregado na tomada.



Não podia deixar de haver Robôs, claro!



Mais alguns projetos:







Outro bem interessante: Película para os alimentos e perfumes produzidos a partir das frutas.





E ainda tinham esse jogo lendário, que não sei ao certo porque estava aqui, mas que quando um homem lembra dele tem que se segurar um pouco porque senão sairá suor masculino dos olhos!




- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Estande da FAPERJ

FAPERJ é a Fundação de Amparo a Pesquisa do Rio de Janeiro e aqui estavam mostrando um pouco do solo e de onde estavam diversos museus e pontos importantes da região carioca.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -








- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Estande do Exército Brasileiro

Uma das instituições mais respeitadas do país e que praticamente dispensa apresentações. Aqui mostraram alguns dos equipamentos usados pelos militares que estavam nesse pequeno espaço.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -












- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Estande da Marinha Brasileira

Outra instituição que dispensa apresentações. Possuíam um espaço bem amplo e nele colocaram maquetes, equipamentos e simuladores usados pela marinha e aquários, ensinavam sobre alguns tipos de energias e ainda contavam com um pequeno mural que o visitante colocava a cabeça para tirar fotos, um volante daqueles usados em navios antigos para as crianças e um simulador de clima, que era bem interessante.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -



Energias:
Esse equipamento é usado para armazenar o urânio enriquecido, usado na Energia Nuclear


Maquetes de veículos:




Maquete da Base Brasileira na Antártida:


Maquete do Arquipélago de São Pedro e São Paulo:




Maquetes de Equipamentos:




Simuladores:


Jet Sky que anda no gelo (em tamanho real):


Outros experimentos:






Volante de navio para que se tirem fotos das crianças pequenas:


Uma novidade bem interessante que eles trouxeram para esse ano foi um Globo Terrestre em tamanho grande que funcionava como simulador climático. Fiz até um vídeo para mostrar como ele é [o efeito no globo muda porque a gente vai apertando os botões manualmente].




Meu vídeo:


Terminado o almoço, continuei a trabalhar no embalo, havia mais famílias do que alunos das escolas e o movimento também não parava, realmente trabalhamos muito nessa sexta-feira!




Veja a reportagem do link abaixo para conhecer mais um pouco sobre o Museu Itinerante e também da SBPC deste ano:



E o último vídeo do Boletim SBPC:


No finalzinho do dia de trabalho começamos a desmontar o portal porque ele é o objeto mais trabalhoso de ser desmontado no Museu Itinerante, dessa forma não seria necessário perder tanto tempo no sábado (dia da nossa partida).




Tudo foi guardado na parte de baixo do Caminhão do Museu Itinerante.


Antes de ir embora, aproveitei para comprar 3 salgados [sendo que esqueci de levar meu pão de queijo com requeijão] e um bolinho [comi ele na hora]. Então, peguei o bus com o resto do pessoal e comi meu lanche no Hotel.




Depois de descansar por algum tempo, mais ou menos às 21:00h resolvi ir próximo da Rodoviária de São Carlos para comer algo especial, queria ir preferencialmente em um restaurante. Depois de esperar o coletivo durante algum tempo fui rapidamente para lá, mas tomei um susto na rodoviária porque um cara apareceu perto de mim pedindo assim:

- Me dá dinheiro pra eu comprar um cigarro!

Olhei pra ele assustado porque estava achando que era assalto e pedi desculpa desculpa desculpa enquanto me afastava dele, por sorte não foi nada e continuei minha procura. Decidi comer uma pizza no Bar e Restaurante Almanach Heineken, que estava muito animado e tinha até música ao vivo na hora.




Após comer, voltei para a Rodoviária de São Carlos e em seguida para o Hotel Slaviero, onde dormi, no próximo dia seria nosso último dia em São Carlos e também o último dia da SBPC.

Sábado, dia 18/07/2015

Acordei assustado com o despertador no meio da noite porque esqueci que o Avião do meu colega sairia de madrugada e ele teria de acordar às 3:00h. Passado o susto dormi novamente e fui lanchar no Hotel, dessa vez vasculhei tudo para não deixar nada pra trás, pois, após o serviço, já iríamos de lá mesmo fazer o percurso de volta para casa.




Assim que chegamos, uma das pessoas da organização aproveitou para tirar uma foto com todo mundo que estava ali em frente a dois murais (um próximo do observatório, que vou postar a foto depois e outro em frente a Entrada da Expo T&C). Mas como ela não postou para todos no Facebook, infelizmente não consegui obter essas fotos tão interessantes.

Antes das 9:00h a feira estava bem vazia, e como dessa vez não receberíamos nenhuma escola agendada pensei:

- Hoje deve ser bem tranquilo e vir pouca gente aqui porque é fim de semana! - Errei feio, realmente começou um pouco devagar, mas rapidamente o evento encheu de tal forma que teve muito mais gente no fim de semana do que em todos os dias juntos, e isso só na parte da manhã!








Trabalhei de com força sem parar atendendo o pessoal próximo de mim, mal dava para se afastar da pequena área que eu estava tomando conta devido ao tanto de gente que estávamos recebendo no Museu Itinerante, e foi assim até que deu a hora do almoço. Fui um pouco mais tarde, às 12:00h, mas dei sorte e não teve fila, ainda consegui almoçar junto com alguns colegas e o pessoal da diretoria do Museu.


Escolhi a Opção nº 2 como almoço (Risoto de Frango), a 1ª opção era uma feijoada. Parece que o evento deixou a melhor comida para o final, pois o prato realmente estava gostoso. Fiquei pouquinho com o pessoal porque queria conhecer o restante da feira. Então saí dali e fui dar a olhada nos últimos estandes da Expo T&C.




- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Estande do ITA

Essa é a Sigla do Instituto Tecnológico da Aeronáutica e aqui demonstraram diversos robôs e materiais tecnológicos como placas de circuito integrado.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -










- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Estande da UFAC

A intenção deles aqui era divulgar sobre a Universidade Federal do Acre, localizada na cidade de Rio Branco.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -








- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Estande da Fiocruz

Essa é uma instituição que tem por objetivo gerar e difundir o conhecimento científico e tecnológico. Aqui colocaram alguns joguinhos para as crianças.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -






- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Estande da A.C. Camargo Cancer Center

Com esse nome, claro! Tratavam sobre o câncer, com ensino, prevenção, tratamento e pesquisa do câncer. Nesse estande se focaram mais em maneiras de detectar e prevenir dessa doença.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -











Os últimos estandes que visitei da SBPC desse ano tinham foque empresarial ou para divulgação.

Mais alguns Estande de Foco Empresarial ou de Divulgação

- Centro Alemão de Ciência e Inovação -


- Devem ter ido embora, ou então não funcionavam no horário de almoço, não sei dizer ao certo! "Entschuldigung", cheguei atrasado!

- Vivacity Engenharia -

Mais robôs! [Numa feira de tecnologia o que não podem faltar são robozinhos!]




- FRM Sistemas -


- Com foco plenamente empresarial, tratava sobre sistemas para Gerenciamento de Projetos de Pesquisa.

- DVPRO -


- Aqui também possuíam foco totalmente empresarial. Mas pelo visto também estavam ausentes na hora que passei por lá.

Quando estava quase chegando na saída me deparei com algo muito legal, esse robozinho autônomo que circulava pela feira e tirava foto dos visitantes.




Como ainda tinha quase meia hora do meu almoço, resolvi andar até a área da SBPC Cultural para ver se tinha alguma coisa legal acontecendo por lá. Mas antes parei para tirar foto no Observatório da UFSCAR que sempre estava no meio do caminho quando a gente passava.


Em dias com o céu mais limpo estava funcionando durante o dia, entretanto, em todos os dias que participei da SBPC o tempo estava muito nublado e acabou que não fui nele após às 18:00h porque preferia voltar direto para o Hotel. Assim continuei andando mais um bocadinho até chegar perto de onde eu queria.



Foi ali que aconteceram muitos dos shows oferecidos pelo evento. Segui para o prédio da morfologia e achei um espacinho de leitura que os visitantes podiam usar.


Ao olhar para trás, essa era a distância que eu estava da Tenda da Expo T&C.


Sempre que ia beber água eu passava em frente ao prédio da Geologia [afinal, o bebedouro estava lá], mas não tinha curiosidade de entrar, como era meu último dia aqui e já tinha visto tudo o que queria, resolvi ir lá para ver se tinha algo interessante, já que estavam usando esse prédio da UFSCAR como se também fizesse parte do evento.


Dividiram a entrada dele em dois, na primeira parte estava o pessoal do...

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Programa Natureza


Aqui davam palestras sobre animais silvestres para conscientização das crianças, com direito até a uma garota vestida de onça pintada e uma cobra que o visitante podia até segurar [também tinha um garoto vestindo de gorila, mas preferi fugir na hora que a menina foi chamar ele porque eu estava sem vontade de ver um homem vestido de gorila!]
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -






E ao lado estava o...

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Universo das Geociências


Aqui mostravam diversos tipos de pedras, minerais e até ossos de dinossauros, além de mostrar o mapa geológico do Estado de São Paulo.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -






















Abaixo um vídeo para entender melhor como as coisas estavam dispostas na Geociências.


E assim, findou meu horário de almoço e voltei para a labuta novamente! Se de manhã já estava transbordando de gente, de tarde esse movimento quase dobrou, ao ponto que mal dava pra dar conta de atender de tanta gente que estava passando pelo nosso Estande.






Mesmo com essa quantidade de gente e após todo esse tempo de feira a mídia não perdeu tempo e fizeram mais uma entrevista.


Como tinha tanta gente, o pouquinho que me afastava do Tubo de Bernouli [Experimento que usa o Tubo de Vento para fazer a bola flutuar] já dava tempo de algum visitante empolgado ligar o equipamento e colocar a bola do jeito errado. Nisso acabavam jogando ela para fora da nossa Tenda [na hora do almoço quando eu não estava lá isso ocorreu ao menos umas 4 vezes]. Então tive que pegá-la. Ao sair me surpreendi com o tanto de gente que vi, o movimento estava se parecendo com aquele da hora que o metrô abre suas portas e sai todo mundo junto. Quando consegui tive que me equilibrar numas caixas pra poder pegar a bola e assim voltei a trabalhar.


Abaixo editei um vídeo que mostrava um pouco como estava nosso movimento, porém não era na hora que encheu mais!


E abaixo o último vídeo de divulgação da SBPC:


E assim continuamos até que deu próximo das 16:00h. Aí começamos a desmontar as coisas para rumar de volta para Belo Horizonte.
















Pouco a pouco, também contando com a ajuda de dois carregadores para o serviço mais pesado, fomos guardando tudo dentro do Caminhão do Museu Itinerante.






Praticamente no finzinho da montagem [depois de pegar boa parte das coisas e faltando somente as mais pesadas que os carregadores já estavam pegando] fui liberado para lanchar e dar a última ida ao banheiro antes de partirmos, mas fiz questão de subir no Observatório da UFSCAR que estava no meio do caminho para saber como era a vista lá de cima:










Por sorte a menina da lanchonete lembrou de mim e pude recuperar o meu "Pão de Queijo c/ Requeijão" que eu tinha esquecido e aproveitei para comprar outro pão de queijo (do comum mesmo).


Às 18:00h partimos de São Carlos com o micro-ônibus e depois de 2 pedágios demos nossa primeira parada, na Churrascaria Fronteira, em Extrema (MG) para lanchar.










E seguimos por mais algum tempinho .......... mas .......... novamente deu aquele barulhão porque outro pneu tinha estourado, e dessa vez não tinha nenhuma borracharia próxima da gente, então o ônibus andou balançando muito e dando estalos devido ao pneu furado por mais de 40 minutos, até que chegamos em um posto de gasolina. Por ali ficou mais uns 40 minutos porque os motoristas resolveram trocar todos os outros pneus para não voltar a dar problema.




[PROBLEMAS LOGÍSTICOS: Talvez, quem esteja lendo esse relato pela primeira vez não conheça a fundo os problemas de logística enfrentados pelo Museu Itinerante, que basicamente tem que levar dezenas de pessoas e obras super frágeis em distâncias imensas e ainda se adequar ao lugar, que é sempre diferente. É raro a viagem em que não aparece um problema que tenha que ser superado, por exemplo, na viagem que fiz em Conselheiro Lafaiete a tampa do caminhão não queria abrir de jeito nenhum, o que fez com que perdêssemos horas, e no final descobrimos que o óleo estava baixo. Uma vez o motorista passou mais de 20 dias foras porque teve de levar o caminhão de Belo Horizonte até Rio Branco, no Acre, que foi uma verdadeira aventura. E assim, a coordenação e os funcionários precisam ir se adaptando e resolvendo os problemas para que cada exposição seja um sucesso]

Apesar de estar todo mundo bem cansado devido ao dia puxado o povo estava muito animado, tocando e cantando dentro do micro-ônibus! Quem percebia de fora nem imaginava o tanto que a gente tinha trabalhado nessa feira. Finalmente o bus partiu e continuamos nosso trajeto de volta pela madrugada, dessa vez demoraria um pouco mais do que na ida porque passariam atravessando a BR-381, que consideraram mais segura para a volta.

Domingo, dia 19/07/2015

Antes de fazer essa viagem todo mundo comentava que a cidade de São Carlos era muito fria, porém não percebemos isso enquanto estávamos trabalhando por lá, mas depois que passamos por Extrema (MG) a temperatura caiu demais e ficou absurdamente frio, nunca tinha sentido tanto frio na vida, mas só pude pegar uma blusa de frio extra na mala quando paramos no Graal Shopping de Ribeirão Vermelho.




Devia ser pouco depois das 3 da manhã. Mesmo com as duas blusas de frio ainda estava sentindo muito frio  ::Cold::, quem tinha algum cobertor fez questão de puxá-lo do porta-malas pra aguentar esse frio, e nisso continuamos nossa viagem de volta. Não consegui dormir direito porque sempre achava que estava chegando [assim poderia pedir para parar um pouco antes e seguir para minha casa a pé], mas acabou que fiquei umas 3:30h achando isso, até que desci em um ponto da BR às 6:00h e fui para minha casa.

Cheguei perto das 6:30h, como estava cansado, mas sem sono, preferi colocar as roupas sujas para lavar, banhei-me, retirei meu laptop para baixar as fotos restantes da câmera e tirei minha última foto, com as conquistas dessa viagem:

Conquistas da Viagem:


Viagem Finalizada!

Acabou que só entreguei esse quadro personalizado para a Lu somente na quarta-feira [dia que dei entrada com os documentos do meu passaporte], mas isso aí já é outra história...

Notas Finais:

- Relato completamente editado, corrigido e finalizado;
- Fiz todo o possível para deixar o texto o mais fluido possível;
- Corrigi todos os erros que fui capaz de perceber;
- Coloquei muitas dicas sobre a cidade para que possam aproveitar o máximo possível dela.

- Última Dica: Não deixe de aproveitar as feiras de tecnologia que acontecem pelo Brasil, elas são muito interessantes. Se desejar conhecer outros Relatos de Viagem clique na coleção abaixo:



Desejo a todos uma boa viagem!

(  ゚,_ゝ゚)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botão Voltar ao Topo