Menu Principal

terça-feira, 29 de março de 2016

Curiosidades #9 - Os negros naturalmente loiros da Melanésia

A Melanésia é uma região da Oceania agraciada por algo bem diferente e incrível.


Nela conheceremos negros que são naturalmente loiros. Confira!

No entendimento comum, estamos mais acostumados a ver cabelos loiros em pessoas de pele clara, assim como os negros possuem a tendência de nascerem com os cabelos escuros e olhos crespos. Entretanto a situação aqui é um pouco diferente, cerca de 10% da população nativa de pele negra possui cabelos loiros naturais.



Os cientistas não sabem ao certo porque isso acontece. Existem desde teorias de isso acontecer por conta da exposição ao sol que os melanésios sofrem, de terem sido visitados por ancestrais europeus num passado bem remoto ou ainda por conta de sua dieta rica em peixes.

Essa descoberta é tão interessante que um professor da Dalhousie University frisou: "cabelos loiros, portanto, surgiram pelo menos duas vezes durante a evolução humana: uma vez nos ancestrais europeus e outra vez no extremo oposto da terra, nos ancestrais melanésios. Isso representa um fascinante exemplo de evolução convergente: quando o mesmo resultado (cabelo loiro) é realizado por diferentes meios (variantes genéticas independentes)".




Onde está a Melanésia?

A Melanésia é uma região da Oceania, no extremo oeste do Oceano Pacífico e a nordeste da Austrália, que inclui os territórios das ilhas Molucas, Nova Guiné, ilhas Salomão, Vanuatu, Nova Caledónia e Fiji. Essa região é habitada por mais de meio milhão de pessoas e a maior incidência dos negros loiros está nas Ilhas Salomão.


Sean Myles, o autor do estudo e geneticista da Nova Scotia Agricultural College, ressaltou que não há quase nenhuma variação nos tons de loiro. Isto sugere que a cor do cabelo é governada por genes. 

Assim, 25% dos habitantes das Ilhas Salomão carregam duas cópias do gene mutante recessivo. Isso significa que os loiros poderiam ter herdado a sua cor de cabelo tanto do pai quanto da mãe. "É um grande exemplo de evolução convergente, onde o mesmo resultado é trazido por meios completamente diferentes", disse Myles.

Jonathan Friedlaender, antropólogo da Temple University da Filadélfia, explicou que a mutação provavelmente surgiu por acaso em um indivíduo. Ele parece ter ganhado na frequência porque a população original da ilha era muito pequena. Myles acrescentou: "Se você puder encontrar um gene para cabelos loiros que existe na Melanésia e em nenhum outro lugar mais, então não há nenhuma razão para que esses tipos de genes não existam em populações sub-representadas por todo o mundo, e afetam não apenas a pigmentação do cabelo, mas outras características também".

E o resultado é essa aparência incrível nos habitantes dessa região:




Se tiver gostado e quiser ver mais postagens dessa mesma Coleção, clique no álbum abaixo:


Até a próxima!


Fontes Pesquisadas:


25 comentários:

  1. gostei muito da matéria ótima postagem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou. Vou continuar me esforçando pra trazer coisas bonitas e/ou interessantes e divertidas pra vocês.

      Excluir
    2. Adorei a matéria..confesso que desconhecia mesmo.Perfeita essa mistura..cada vez mais me amo..raça linda demais.

      Excluir
    3. Adorei a matéria..confesso que desconhecia mesmo.Perfeita essa mistura..cada vez mais me amo..raça linda demais.

      Excluir
  2. Cabelos escuros e olhos crespos... Mas mesmo assim a matéria é ótima!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou. O que acho mais incrível são as diferenças que existem nesse nosso mundo tão vasto!

      Excluir
  3. Até que enfim um blog sério! Parabéns pela postagem...Muito interessante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou. Vou fazer o possível pra sempre trazer matérias interessantes e de muita qualidade para o blog.

      Excluir
    2. É muito gratificante saber que pessoas como o Senhor , tem todo esse trabalho belíssimo, para enriquecer mais ainda os nossos conhecimentos. Muito obrigada. Lúcia Barreto.

      Excluir
    3. É muito gratificante saber que pessoas como o Senhor , tem todo esse trabalho belíssimo, para enriquecer mais ainda os nossos conhecimentos. Muito obrigada. Lúcia Barreto.

      Excluir
  4. Muito boa matéria, a prova que cabelo loiro não é só para pessoas brancas rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou. O mundo é muito vasto e cheio de coisas surpreendentes.

      Excluir
  5. Interessante. Quanto mais vivemos descobrimos o quão vasto é este mundo e me faço sempre as perguntas. Esta correta a teoria da evolução? Como o ser humano chegou em cada longínquo canto deste planeta? Viemos mesmo de Adão e Eva? Se alguem souber a resposta por favor me diga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essas respostas são muito difíceis de saber mesmo. Nem os próprio cientistas possuem certeza disso.

      Excluir
  6. Muito obrigado! Cultura científica! e Lindas Postagens!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que esteja gostando. Estou postando bastante ultimamente e arrumando algumas parcerias pra poder trazer um conteúdo com ainda mais qualidade para vocês.

      Excluir
  7. Muito interessante. Essa é a internet onde podemos escolher aquilo que nos é útil. E não esquecendo que existem pessoas que produzem algo proveitoso. Tenho nojo da maioria dos programas de TV do Brasil. Agradeço ao autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou o autor, fico muito agradecido. Estou fazendo o possível pra trazer coisas diferentes e interessantes pra quem gosta de um conteúdo de mais qualidade e com um pouco mais de cultura útil pra nós brasileiros.

      Excluir
  8. Muito legal, nunca tinha ouvido falar sobre isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem diferente mesmo. Na história da humanidade só se registraram 2 casos assim, por enquanto. O dos europeus e esse dos melanésios, só que no caso da Melanésia numa proporção muito menor já que os povos dali viviam super isolados.

      Excluir

Botão Voltar ao Topo