Menu Principal

sábado, 26 de março de 2016

Good Times #1 - Paula Fernandes: Jeito de Mato / Céu Vermelho

Infelizmente no Brasil e em muitos outros lugares do mundo, estamos sofrendo com uma perda notória na qualidade das músicas que são compostas. Mas nem tudo está perdido, ainda existem músicas excelentes de diversos lugares do país e do mundo. Por isso resolvi fazer um bom apanhado e reuni excelentes músicas e clips musicais nessa série, chamada Good Times.


Nesse primeiro post, ouça a música Jeito de Mato da cantora, compositora e filantrópica Paula Fernandes, uma das mulheres mais sexys do mundo, que ainda conta uma belíssima voz e uma canções de excelente qualidade.

Aumente o som e aproveite!



Letra da Música

Jeito de Mato:

De onde é que vem esses olhos tão tristes
Vem da campina onde o sol se deita
Do regalo de terra que teu dorso ajeita
E dorme serena, no sereno e sonha

De onde é que salta essa voz tão risonha
Da chuva que teima, mas o céu rejeita
Do mato, do medo, da perda tristonha
Mas, que o sol resgata, arde e deleita

Há uma estrada de pedra que passa na fazenda
É teu destino, é tua senda onde nascem tuas canções
As tempestades do tempo que marcam tua história,
Fogo que queima na memória e acende os corações

Sim, dos teus pés na terra nascem flores
A tua voz macia aplaca as dores
E espalha cores vivas pelo ar
Ah, ah, ah

Dos teus olhos saem cachoeiras
Sete Lagoas, mel e brincadeiras
Espumas, ondas, águas do teu mar
Ah, ah, elaia

Há uma estrada de pedra que passa na fazenda
É teu destino, é tua senda onde nascem tuas canções
As tempestades do tempo que marcam tua história,
Fogo que queima na memória e acende os corações

Sim, dos teus pés na terra nascem flores
A tua voz macia aplaca as dores
E espalha cores vivas pelo ar
Ah, ah, ah

Dos teus olhos saem cachoeiras
Sete Lagoas, mel e brincadeiras
Espumas, ondas, águas do teu mar
Ah, ah, elaia

De onde é que vem esses olhos tão tristes
Vem da campina onde o sol se deita
De onde é que salta essa voz tão risonha
Dorme serena, dorme serena

Dorme serena e sonha...


Se tiver gostado e desejar ouvir outras músicas dos bons tempos, clique no álbum abaixo:


Céu Vermelho:

Agora peço o teu perdão, o teu colinho
Pra que a gente possa então recomeçar

Ó, minha linda, olhe bem pros meus olhinhos
Tão rasos d'água de emoção por te encontrar
A cada passo que perdi pelas estradas
De solidão estou cansado de chorar

Mesmo distante não saiu do pensamento
Aquele doce do teu mel, do teu beijar
Lembro do tempo em que amávamos baixinho
Pra não deixar nenhum lençol nos invejar

Desde o momento em que nós nos separamos
Eu viajei no céu vermelho do penar
Agora peço o teu perdão, o teu colinho
Pra que a gente possa então recomeçar


o o o o o o o o o o o o o o o o o o o o o o o o o o o o o o o o o o o o o o o o o o o o o

Se tiver gostado e desejar conhecer mais músicas dessa coleção, clique no álbum abaixo:



Lembra que disse que ela era uma das mulheres mais sexys do mundo!!?? Antes de ir embora aproveite esse presente e veja lindas fotos dessa linda mulher:




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botão Voltar ao Topo