Menu Principal

domingo, 24 de abril de 2016

Matando o Tempo #6 - Como anda o bebê fumante da Indonésia?

Lembra daquela notícia de 2007 que intrigou milhões de pessoas em todo o mundo?


Que falava sobre o bebê fumante da Indonésia, que tinha apenas 2 anos, mas chegou a fumar cerca de 40 cigarros por dia? Como será que ele está nos dias de hoje. Confira!


Pra quem não se lembra, veja o vídeo original, de 2007:



Agora, veja uma notícia desse mesmo bebê em 2011 [E o pior, esse não é o único caso!]:



Veja agora mais algumas fotos desse garoto que chocou o mundo:






E por fim, como será que ele ficou mais de 8 anos depois [em 2015]: 

Quando Ardi Rizal tinha cinco anos ele parou de fumar, infelizmente, aconteceu outro problema: O garoto trocou o seu vício do cigarro pela comida. Sua mãe, culpada pela situação, dava cada vez mais comida para o filho. O menino chegou a um grau de obesidade tão preocupante quanto o do seu antigo vício do tabagismo e sua família o submeteu a acompanhamento psicológico.

Oito anos depois de fazer ficar famoso de maneira negativa, ele começa a ser uma criança comum pela primeira vez.


Ardi quando parou de fumar,
Ardi agora tem uma rotina que condiz mais com sua idade, com idas à escola, refeições balanceadas e, principalmente, longe da nicotina. Os médicos garantem que, se seguir a rotina, ele conseguirá ter uma vida adulta regular.


Ardi nos dias de hoje.
E antes de fechar a matéria, já imaginou como é o pulmão de um fumante?



Se tiver gostado dessa série, Matando o Tempo e desejar conhecer outros posts, clique na coleção abaixo e aproveite:


Boa sorte e até a próxima.

Pulmão normal.
Pulmão de um fumante.
Um pulmão normal e o de um fumante, lado a lado.
Câncer de Pulmão, a única prevenção: parar de fumar.


2 comentários:

  1. MAIS UM BABACA NA INDIA LIXO, ENGOLINDO FUMAÇA E SE MATANDO !!!


    RACIONAL QUE ODEIA CIGARRO E FUMAÇAS INALADAS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade ele está na Indonésia, no Continente da Oceania, perto da Austrália. Se você tiver visto a reportagem (ou lido o texto pelo menos) verá que a criança finalmente conseguiu contornar esse problema.

      Todos temos problemas o tempo todo, a questão é se conseguiremos superá-los ou não. Um como esse que a criança teve é bem difícil de se reerguer viu!

      Excluir

Botão Voltar ao Topo