Menu Principal

quarta-feira, 20 de abril de 2016

Natureza Incrível #10 - O encanto dos Coalas

O coala é um mamífero marsupial da família Phascolarctidae e só são encontrados na Austrália.


Saiba tudo sobre esse animal peludo, "fofinho" e adorável!


Bem como os ursos, os coalas são mamíferos e possuem orelhas redondas, distorcidas e olhar bonito, parecendo mais um ursinho de pelúcia. Mas os coalas não são ursos, na verdade são membros de um grupo de animais denominado Marsupiais [por exemplo: gambás e cangurus também são marsupiais].

Por ser um marsupial, a fêmea possui uma bolsa abdominal, denominada "marsúpio", onde se processa grande parte do desenvolvimento dos filhotes. Se você nunca viu um filhote de coala e tem a curiosidade de saber como eles são, assista o vídeo abaixo:



A época de reprodução geralmente dura cerca de 4 meses. Neste período, os machos sexualmente maduros exploram o seu território, atraindo as fêmeas no cio, e enchem o local de marcas odoríferas, emitindo simultaneamente um som semelhante a um mugido.

As fêmeas demonstram em geral grande agressividade com relação aos machos, os quais repelem violentamente. O acasalamento, que dura alguns segundos, dá-se em posição vertical sobre um galho de eucalipto.


Depois que terminada a conjunção, os companheiros se separam. O macho não se ocupa do sustento do filhote: tal função compete à fêmea, que só tem uma gestação por ano e geralmente só dá luz a um filhote [muito raramente dois]. A gestação dura em média 35 dias.

Filhote coala.
Um recém-nascido é minúsculo, possuindo cerca de 20 mm de comprimento. O corpo é nu, cor-de-rosa e raiado de vasos sanguíneos; os olhos e os ouvidos estão fechados; a boca, as narinas e as patas posteriores são apenas um esboço. 



Assim que nasce, esta pequena criatura faz o seu caminho a partir do canal de nascimento até a bolsa de sua mãe. Usando os dois sentidos bem desenvolvidos é que nascem com-olfato e tato, juntamente com suas fortes patas dianteiras e garras e um instinto que lhe diz que direção a cabeça, o coala bebê chega a bolsa. Ali permanece, enfiado, crescendo e se desenvolvendo por cerca de sete meses.



Os coalas e a maioria dos marsupiais só são encontrados na Austrália. Sua abundância no continente deve-se à separação entre aquele continente e outras massas terrestres antes que os mamíferos placentários pudessem se estabelecer ali.

Distribuição original dos coalas na Austrália no passado.
O coala acabou por ser vítima da caça e da destruição do seu habitat florestal. Antes da chegada do homem branco, em finais do século XVII, este marsupial ocupava uma superfície três vezes mais vasta do que a atual. Este animal foi recentemente introduzido ou reintroduzido em algumas ilhas perto da costa, bem como no interior do país. Estas novas populações foram o fruto de estudos científicos que deram valiosa contribuição para o conhecimento dos comportamentos da espécie.


Os coalas se alimentam de folhas de eucalipto e cascas de 12 espécies diferentes de árvores de eucalipto. Também comem visco e as folhas de caixa. Uma vez que essas folhas são baixas em proteínas, ricas em substâncias indigestíveis e contêm fenólicos e terpeno composto, são tóxicas para a maioria das espécies.

Eles gastam cerca de três das suas cinco horas ativas para comer e dormem por até 16 horas por dia. São arborícolas [isto é, vivem em árvores] e não costumam ficar em grandes grupos, preferindo na maioria das vezes ficar sozinhos.


Podem ser agressivos uns com os outros, colocando o antebraço em torno de seu inimigo e morder, embora a maioria das disputas seja um comportamento agressivo breve. Geralmente é um animal silencioso, mas os machos têm um apelo muito forte que pode ser ouvido quase a um quilômetro de distância durante a época de reprodução. Quando estão “estressados”, os coalas podem emitir um grito, que foi classificado como semelhante ao de um bebê humano.

Veja, por exemplo, esses dois coalas tendo uma discussão amigável:


[Até brigando eles são super fofos!]

A pelagem das costas é densa e sedosa e apresenta-se nas cores cinza e branco. Possuem a cabeça relativamente grande em relação ao restante do corpo, seus olhos são bem separados, possuem nariz grosso e focinho curto.

Os coalas não vivem em abrigos. Estão sempre expostos aos fatores da natureza, como sol, o vento e a chuva. Os movimentos são lentos, assemelhando-se com os do bicho-preguiça, não possuem cauda e utilizam as garras para subir nas árvores.



Quando instalados em condições ideais na natureza, os coalas machos podem viver até 10 anos, enquanto as fêmeas vivem alguns anos a mais.

E é só isso, pra terminar, não deixe de ver mais algumas fotos desses colas super fofos:










Se quiser conhecer outros posts dessa mesma categoria clique na Coleção abaixo:


Até a próxima!


Fontes Pesquisadas:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botão Voltar ao Topo