Menu Principal

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Embolização, um método eficaz no combate do Mioma Uterino

Esse ainda é um dos problemas que mais acometem as mulheres. As estatísticas médicas revelam que 50% das mulheres têm ou terão miomas em algum período de suas vidas.


E muitas vezes o mal atendimento de um ginecologista despreparado pode trazer consequências irreversíveis para a mulher. Então se esclareça um pouco vendo essa matéria e descubra um dos métodos que podem ser eficazes no combate ao Mioma Uterino: a Embolização.

Esses tumores benignos, também conhecidos como fibromas ou leiomiomas, surgem no útero.

Os problemas causados por eles: dores, cólicas, sangramento excessivo, prisão de ventre, perda espontânea de urina, aumento do volume abdominal e ainda dificuldade de engravidar ou de manter uma gestação, alteram e muito a qualidade de vida das mulheres. 

A embolização de mioma uterino é o tratamento mais inovador. É um procedimento seguro, que oferece uma recuperação bem mais rápida para as pacientes. Foi descrito pela primeira vez em 1995 por um ginecologista francês e é realizado por especialistas em radiologia intervencionista.

Saiba mais sobre os Miomas, as dificuldades enfrentadas por que sofre dessa problema e um pouco mais do que é a Embolização assistindo a matéria abaixo:



Para saber ainda mais sobre os miomas clique no botão abaixo:


Está aí uma alternativa bem eficaz e que pode fazer toda a diferença, dando uma nova vida para a mulher que sofre com esses problemas e assim uma vida melhor e mais digna para ela.



Se tiver gostado e quiser ver mais postagens dessa mesma Coleção, clique no álbum abaixo:


Espero que tenham gostado dessa dica!

Fontes Pesquisadas [Botão Saiba mais]:


Boa sorte e até a próxima!

Não deixe de ver também:

-  Um aviso: Açúcar na Coca-Cola e outros alimentos "gostosos" que consumimos no dia-a-dia. Clique AQUI ou na imagem abaixo:


-  12 Coisas que você não sabe sobre o McDonald’s. Clique AQUI ou na imagem abaixo:


-  As 10 pessoas mais velhas do mundo [ano de 2016]. Clique AQUI ou na imagem abaixo:



-  Como surgiram os quadrinhos? Clique AQUI ou na imagem abaixo:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botão Voltar ao Topo