Menu Principal

sábado, 28 de janeiro de 2017

Como é feito o ouro?

Simbolo de riqueza e poder, o ouro é um dos metais mais apreciados pelo homem, não só pelo status que ele representa, mas também para a indústria, pois neste material existem diversas propriedades que são úteis para se fazer os mais diversos tipos de coisa.



Saiba então, o passo-a-passo de como esse precioso metal é produzido.

Para começar, assista ao vídeo abaixo, do canal Mega Documentários:



O ouro é tido como um símbolo universal de status há milhares de anos. Foi usado como sinal de riqueza desde a civilização egípcia, há mais de 6.000 anos. O ouro pode parecer pouco importante pelo seu uso estético em jóias, mas a verdade é que esse metal mudou a história do mundo. 

No século XVI, a busca pelo ouro levou conquistadores espanhóis e outros exploradores europeus a procurar e se estabelecerem em novas terras, incluindo a América do Norte e do Sul. A história do Brasil seria bem diferente não fosse pelo ouro. Hoje, sabemos que o valor do ouro não é puramente estético. Com propriedades únicas, ele excede praticamente todos os outros metais.



O ouro e suas diversas ligas metálicas são muito empregados em joalherias, na fabricação de moedas e como padrão monetário de muitos países. Devido à sua boa condutividade elétrica, resistência a corrosão e uma boa combinação de propriedades físicas e químicas, também apresenta diversas aplicações industriais.

Saiba agora algumas curiosidades bem interessantes sobre o ouro:

- O ouro é tão difícil de ser encontrado que os especialistas calculam que existam apenas cinco quilos do metal para cada 1 milhão de toneladas de terra;

- O Quilate (K) é a medida de pureza do ouro. O ouro 24K é considerado 100% puro. Já o ouro 18K [o tipo mais usado pelas joalherias brasileiras], tem pureza de 75% do metal, enquanto que o 14K é 58% puro;

- O ouro é sempre fundido em barras que possuem a forma retangular porque isso facilita o manuseio do metal e também ajuda na hora de estocar de maneira compactada nos cofres dos bancos;



- O ouro é o único metal que não oxida. Por suas propriedades físicas e químicas, ele é usado não apenas em jóias e na arte, mas também em aplicações industriais e médicas;

- Por ter alta condutividade elétrica e resistência à oxidação, o ouro é amplamente usado em eletrodeposição, para cobrir superfícies elétricas com uma camada de ouro por meio eletrolítico, para conferir uma conexão com baixa resistência elétrica e livre de oxidação;

- Atualmente, os países que mais exportam o ouro são: 1. África do Sul, 2. China, 3. Austrália, 4. Estados Unidos, 5. Peru, 6. Rússia, 7. Canadá, 8. Mali, 9. Uzbequistão e 10. Gana.

- Apesar disso, os Estados Unidos de longe é o país com o maior depósito de ouro do mundo, com quase 9.000 toneladas no valor de U$ 549 Bilhões, bem longe do 2º lugar, a Alemanha, que possui pouco mais de 3.700 toneladas no valor de U$ 192 bilhões. Apesar de ser o maior produtor, a África do Sul não está nem no top10 dos maiores depósitos de ouro;


- O peso do ouro por setores é o seguinte: 56% é usado nas joalherias, 20% em investimento, 15% nos Bancos Centrais e 9% na Tecnologia;

- Da pré-história até os dias atuais foram descobertas 163.000 toneladas de ouro. Se tudo isso fosse fundido e encaixotado, ele caberia em um prédio de 20 metros de altura;



Se tiver gostado e quiser ver mais postagens dessa mesma Coleção, clique no álbum abaixo:


Boa sorte e até o próximo post!

Não deixe de ver também:

- Como é feito o queijo? Clique AQUI ou na imagem abaixo:


- As mais belas pedras preciosas. Clique AQUI ou na imagem abaixo:


- A inacreditável beleza das mulheres de Portugal. Clique AQUI ou na imagem abaixo:


- Veja pedidos de casamento inesquecíveis pelo mundo. Clique AQUI ou na imagem abaixo:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botão Voltar ao Topo